...
||MOBILE|RSS
RSS
+-TEXTO
AVALIAR
Dinheiro Vivo

Por Dinheiro Vivo

1

"Isto é o jornalismo oprtuguês no seu melhor. Na Suíça não há salário..."

COMENTAR
PUB
Os sindicatos querem dar uma "vida decente" aos trabalhadores e propõem o aumento do salário mínimo para os 3300 euros

Salário mínimo na Suíça pode aumentar para 3300 euros

suíça
PCP diz que embaixada não apoia
D.R.
24/01/2012 | 13:40 | Dinheiro Vivo

O debate do salário mínimo marca a atualidade política suíça. Os sindicatos querem dar uma "vida decente" aos cidadãos e pedem um aumento do salário mínimo para 3.300 euros.

A união sindical suíça (USS) propôs que a Constituição do país passasse a garantir um salário mínimo de 3300 euros por mês para melhorar a vida de mais de 400 mil cidadãos.

"Com esta iniciativa queremos garantir que todos tenham um salário digno na Suíça", afirmou Daniel Lampart, da USS.

Já os patrões não têm a mesma posição e defendem que "um salário mínimo geral é uma má solução, existem importantes diferenças regionais nos níveis de salários e custos de vida". Segundo explicou Ruth Derrer Ballador, líder da união patronal suíça, “em algumas áreas 4000 francos (3300 euros) podem ser suficientes para uma vida digna, enquanto em Zurique, 5000 francos (4.100 euros) às vezes não são suficientes”.

Segundo noticia o jornal el Mundo, o sindicado recolheu 111 mil assinaturas para suportar a proposta.

Salário mínimo na Suíça pode subir para os 3300 euros

Comentar

Se está registado, faça Login

Perdeu a password?Se não tem conta,REGISTE-SE AQUI

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Conheça as Regras de Comunidade e Termos de Uso.

A Carregar...
Opinião&Blogs
António Perez Metelo40 anos
Por António Perez Metelo
01:00
Netos do 25 de Abril  Por Pedro Bidarra
01:00
01:00
O falso problema do Brasil  Por João Almeida Moreira
Slideshows