...
||MOBILE|RSS
RSS
+-TEXTO
AVALIAR
Dinheiro Vivo

Por Dinheiro Vivo

PUB
Prazo máximo inicial de um visto pode chegar aos três anos consecutivos, sem necessidade de renovação obrigatória

Vistos para Angola: há novas regras

ddddddddd
Investimentos em Angola
D.R.
15/09/2011 | 08:54 | Dinheiro Vivo

Portugal e Angola vão assinar um novo acordo de concessões de vistos, hoje, durante a visita oficial do chefe da diplomacia angolana, Georges Chicoti.

Nos moldes agora vigentes, um português só consegue obter um visto de trabalho por um ano - que pode ser renovável duas vezes por igual período de tempo, mas obrigando o expatriado a tratar do processo em Lisboa.

Actualmente, existem cerca de 120 mil a 140 mil portugueses radicados em Angola, a grande maioria dos quais em Luanda.

O que vai mudar nos vistos para Angola

Obtenção de vistos
A previsibilidade nos prazos de obtenção de vistos passará a ser maior, uma vez que o novo acordo prevê - a partir da date e entrega dos pedidos - um prazo de apenas oito dias para a concessão de vistos de curta duração e de 30 para os de trabalho.

Curta duração
Os vistos de curta duração abrangem um período máximo de 30 dias e podem ser renovados duas vezes por um igual período de tempo, podendo perfazer um total de 90 dias. Acresce que não era possível deixar Angola nesse período, pois obrigaria à obtenção de um novo carimbo. Como o novo acordo, as autorizações são concedidas por prazos de 90 dias em cada semestre - o que duplica o tempo máximo (180 dias) que se pode permanecer em Angola - e permite aos emigrantes entrarem e saírem do país com o mesmo visto.

Vistos de trabalho
Os chamados vistos de trabalho, ou de longa duração, são concedidos actualmente por um prazo máximo de 12 meses, que pode ser renovável por duas vezes e por iguais períodos de tempo. Além disso, essa renovação tinha obrigatoriamente de ser feita em Lisboa. Com o novo acordo, os vistos podem ter logo à partida um máximo de três anos, mas não renovável e permitindo entradas e saídas sem necessidade de perder tempo a fazer novo pedido e sem a incerteza quanto à sua renovação.

Actualmente, existem cerca de 120 mil a 140 mil portugueses radicados em Angola, a grande maioria dos quais em Luanda

Tags

Comentar

Se está registado, faça Login

Perdeu a password?Se não tem conta,REGISTE-SE AQUI

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Conheça as Regras de Comunidade e Termos de Uso.

A Carregar...
Opinião&Blogs
João Almeida MoreiraO falso problema do Brasil
Por João Almeida Moreira
03:54
Saída de emergência  Por Joana Petiz
12:25
Abril de Leonardo  Por Sérgio Figueiredo
Slideshows