...
||MOBILE|RSS
RSS
+-TEXTO
AVALIAR

Por Robert Plant

Saiba mais...

  • Manter os sistemas antigos ou actualizá-los: como decidir?
  • Como pesar riscos e custos?
PUB
Harvard Business Review

Como aprendi - da pior forma - que a tecnologia obsoleta sai cara

Tecnologias ultrapassadas são um perigo
Tecnologias ultrapassadas são um perigo
Luísa Sousa
15/06/2011 | 23:59 | Dinheiro Vivo

O cepticismo da CFO estava correcto e eu perdi toda a credibilidade. As máquinas foram dadas a um amigo, que as vendeu numa venda de garagem (não consegui pô-las no lixo porque a CFO não autorizaria a taxa de eliminação "verde" de 50 dólares por cada máquina.)

Em 2011, os CIO de empresas grandes e pequenas irão enfrentar decisões sobre se devem manter os sistemas antigos ou actualizá-los. A tentação de se agarrarem aos antigos, especialmente em tempos difíceis como estes, será quase irresistível. Mas a verdade é que as tecnologias têm ciclos de vida, e por vezes os custos no final de vida de um sistema podem ser chocante. O truque é fazer as contas certas para os riscos e custos e, caso necessário, defender fortemente uma actualização junto dos seus pares executivos.

Para saber mais sobre os riscos e custos de um sistema existente, o CIO pode fazer coisas como solicitar o feedback do utilizador, monitorizar fóruns da indústria, contratar uma empresa de pesquisa para fazer uma análise, ter conversas com os fornecedores e utilizar uma ferramenta como a Strategic Grid publicada em 1993 por Richard L. Nolan da Harvard Business School e investigadora associada Katherine N. Seger. Esta ferramenta pode ajudar a identificar tecnologias estrategicamente importantes cuja utilidade está a esbater-se. Estas são coisas que o CIO deveria fazer sempre, porque os sistemas existentes podem ficar obsoletos quase do dia para a noite, à medida que novas tecnologias aparecem, afectando grandes conjuntos de processos interligados - pense nas tecnologias antigas que se tornaram redundantes assim que os gestores da cadeia de abastecimento puderam aceder às aplicações da empresa através dos seus smart phones.

Um bom CFO percebe sempre que a empresa está a ser limitada pelo uso de tecnologias em declínio - e cedo exigirá um ajuste de contas

Comentar

Se está registado, faça Login

Perdeu a password?Se não tem conta,REGISTE-SE AQUI

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Conheça as Regras de Comunidade e Termos de Uso.

A Carregar...
Slideshows