...
||MOBILE|RSS
RSS
+-TEXTO
AVALIAR
Mariana de Araújo Barbosa

Por Mariana de Araújo Barbosa

Saiba mais...

  • Como funcionam as "cash mobs"?
PUB
São manifestações aparentemente espontâneas para ajudar negócios em dificuldades: as "cash mobs" são o movimento anti-Groupon

Esqueça o Groupon: a moda agora é juntar-se a uma "cash mob"

Eles ajudam empresas em dificuldades
Eles ajudam empresas em dificuldades
D.R.
06/03/2012 | 10:34 | Dinheiro Vivo

Primeiro passo: escolher uma loja. Segundo passo: comunicar a decisão e organizar o encontro. Há um novo fenómeno de apoio ao comércio local e aos pequenos negócios em dificuldades, muito prejudicados por negócios em massa online, como o caso da Groupon, com os famosos cupões de descontos.

Em agosto de 2011, o engenheiro Chris Smith decidiu organizar uma excursão a uma pequena loja de vinhos, ação que deu origem a um grupo de pessoas. Nasceu, em Buffalo, Nova Iorque, a primeira "cash mob".

O movimento tem crescido desde então e tem como principal objetivo apoiar os pequenos negócios locais, mesmo que em pequena escala. Um grupo de pessoas organiza uma sessão de compras a um determinado local: todos os elementos fazem compras com dinheiro, abdicando dos cartões de crédito.

A ideia é comprar a pronto e em grupo, animando os negócios locais. "Não se trata apenas do dinheiro que aparece naquele dia. Trata-se de um pequeno negócio real que não movimenta muito dinheiro e sem budget para marketing.", explica Smith

O grupo organiza as mobilizações através de um blogue, onde se trocam conselhos e dicas. Normalmente, cada elemento gasta, em média, 20 dólares (cerca de 15 euros) em cada "cash mob". A tarde de compras termina com uma conversa e algumas cervejas, num bar.

Cada elemento da cash mob gasta, em média, cerca de 15 euros em cada encontro. As dicas de compras são partilhadas num blog

Comentar

Se está registado, faça Login

Perdeu a password?Se não tem conta,REGISTE-SE AQUI

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Conheça as Regras de Comunidade e Termos de Uso.

A Carregar...
Opinião&Blogs
Abril de Leonardo
Por Sérgio Figueiredo
01:00
O melhor é o que aí vem  Por Sílvia de Oliveira
01:00
A saída mais fácil  Por Ricardo Reis
01:00
Calvário  Por João Adelino Faria
Slideshows