...
21/09/2014 | 03:02 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Ana Rita Guerra

PUB
Há vários modelos educativos e resistentes, com controlo parental e conteúdos apropriados

As crianças adoram o iPad, mas não é o único: oito tablets desenhados para os míudos

Site foi lançado em 2003
D.R.||Ubergizmo
17/12/2012 | 15:59 |  Dinheiro Vivo

As crianças são naturalmente atraídas para gadgets que possam controlar com o toque e essa foi uma das grandes imagens promocionais do iPad: não é preciso explicar-lhes nada. A utilização é intuitiva. Mas quem não quer pôr um equipamento tão dispendioso na mão de uma criança tem agora várias opções. É possível comprar um tablet infantil a partir de 90 euros, uma alternativa aos brinquedos convencionais e certamente um investimento mais modesto em comparação com o iPad.

1.Lexibook Tablet Master

É o mais recente tablet infantil do mercado e o primeiro a ter cariz nacional. Chegou ao mercado no início de dezembro e é comercializado pela AJ Aguiar, através de uma parceria com a francesa Lexibook. O tablet tem acesso a mais de 3700 aplicações gratuitas na loja Lexibook Market e inclui jogos educacionais e desenhos animados. A criança poderá aceder ao streaming de músicas através do serviço Deezer. Com sistema operativo Android 4.0 e conectividade Wi-Fi, tem câmara e memória interna de 4 gigas, que pode ser aumentada até 32 gigas através de cartão. Custa 129, 99 euros em lojas como a Fnac e Toys 'R Us.

2. Ingo

É um dos mais baratos e está disponível em lojas como a Pixmania e a Fnac. Tem à escolha a versão Hello Kitty ou Monster High, com um preço de 99 euros. Tem um ecrã de 7 polegadas, câmara de 0,3 megapixeis, corre o sistema operativo Android 4.0 e traz 4 gigas de memória interna, extensível com cartão microS. A ligação à internet é feita através de Wi-Fi. A idade mínima recomendada é de 5 anos.

3.Archos ChildPad

O primeiro tablet infantil da marca francesa Archos já está disponível e vem com um ecrã de 7 polegadas e Android 4.0. Com o tema "Alvim e os Esquilos", está em promoção na loja Novo Atalho, por 97,90 euros. Também se encontra em lojas como Ensitel e Pixmania. A reprodução de vídeo é em alta definição, pesa 380 gramas, a conectividade é Wi-Fi e traz uma câmara frontal.

4. SuperPaquito Imaginarium

Está no mercado desde setembro e é um sucessor do Paquito, um leitor de livros eletrónicos da marca espanhola especializada em crianças. O Super Paquito é dos mais caros dentro do género: custa 299 euros e pode ser adquirido em qualquer loja da marca ou online. Tem um ecrã de 9,7 polegadas (igual ao iPad original) e inclui controlo parental, "tão fácil como um giz", diz a marca. Vem com agenda, tabela de recompensas, jogos para aprender inglês, leitor de livros, câmara, vídeo, jogos, e PaquitoLand como referência de conteúdos pré-selecionados pela Imaginarium.

5. MGT1

A versão tablet do computador Magalhães foi anunciada recentemente pela JP Sá Couto, agora JP Inspiring Knowledge. Uma das características é que vem coberto de borracha para aumentar a resistência a quedas. Tem leitor de livros, sensor de luz, sistema operativo Android 3.2 e 7 polegadas. Duas câmaras, Wi-Fi e 550 gramas de peso.

6. Vinci Tab

Há vários tamanhos e versões à escolha, desde o Tab II com 5 ou 7 polegadas ao Vinci III com 5 polegadas. A loja da Vinci tem vendas internacionais mas não diretamente para Portugal, pelo que pode optar pela Amazon. Até agora, são os únicos tablet certificados para crianças a partir dos 18 meses, segundo a retalhista online. Os preços variam conforme a versão, rondando os 120 a 150 euros. Correm Android 2.3 ou 4.03 e foram desenhados especificamente para serem tablets de aprendizagem.



7.
Tabeo Toys 'R Us

A maior cadeia de brinquedos também entrou no mercado de tablets para crianças com o Tabeo. Tem ecrã de 7 polegadas, resolução 800 por 480, câmara frontal, 4 gigas de armazenamento e expansão com cartão microSD até 32 gigas. Tal como a maioria dos concorrentes, já inclui o sistema operativo Android 4.0. e permite controlo parental. Traz ainda 50 aplicações pré-instaladas, entre as quais jogos (como o Fruit Ninja), aplicações educacionais e de entretenimento. A criança poderá aceder a mais de 7 mil aplicações na Tabeo App Store, com foco nos conteúdos pedagógicos, jogos e livros. A loja online vende para Portugal e o preço é de 149 dólares (113 euros).

8. LeapPad 2


O tablet da LeapFrog foi desenhado para crianças entre os 3 e os 9 anos. A marca diz que este é o tablet número um para crianças, de acordo com os dados do NPD Group. Com ecrã de 5 polegadas, 4 gigas de armazenamento e resolução 480 por 272, custa 99, 99 dólares (76 euros) na Amazon. Está disponível em verde e lilás.



As crianças são naturalmente atraídas para gadgets que possam controlar com o toque e essa foi uma das grandes imagens promocionais do iPad: não é preciso explicar-lhes nada. A utilização é intuitiva. Mas quem não quer pôr um equipamento tão dispendioso na mão de uma criança tem agora várias opções. É possível comprar um tablet infantil a partir de 90 euros, uma alternativa aos brinquedos convencionais e certamente um investimento mais modesto em comparação com o iPad.

1.Lexibook Tablet Master
É o mais recente tablet infantil do mercado e o primeiro a ter cariz nacional. Chegou ao mercado no início de dezembro e é comercializado pela AJ Aguiar, através de uma parceria com a francesa Lexibook.

Opinião&Blogs
Bem-vindos a Portugal
Por  Sílvia de Oliveira
23:49
Santos e pecadores   Por  João Adelino Faria
23:47
O populismo na Europa   Por  Ricardo Reis
03:44
A feira das imbecilidades   Por  Pedro Bidarra
Slideshows