...
27/11/2014 | 18:14 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Luís Reis Ribeiro

PUB
Recessão de 2,3% em 2013 e défice de 5,5%. Desemprego está a caminho de 19%. Exportações quase estagnadas

Desemprego dispara: 18,2% este ano e 18,5% no próximo

15/03/2013 | 09:38 |  Dinheiro Vivo

A taxa de desemprego deste ano e do próximo foi revista fortemente em alta pelas Finanças. A taxa deverá atingir 18,2% da população ativa este ano e 18,5% no próximo, indicou hoje Vítor Gaspar.

De acordo com as novas projeções da sétima avaliação da troika, o desemprego parece ir a caminho de 19%, a recessão deste ano será de 2,3% (e não de 1% como se dizia há três meses), o investimento vai afundar 7,6% e as exportações ficarão quase estagnadas, em 0,8% em 2013.

O défice deste ano foi flexibilizado para 5,5%, para 4% em 2014 e 2,5% em 2015, indica o novo quadro da avaliação externa e das Finanças.

O défice deste ano foi flexibilizado para 5,5%, para 4% em 2014 e 2,5% em 2015

Opinião&Blogs
O FMI já viu o filme todo
Por  Luís Reis Ribeiro
00:01
O Brasil na esquina do tempo   Por  João Almeida Moreira
00:10
É a Argentina que manda   Por  Tiago Figueiredo Silva
15:24
Fingir que não sabemos   Por  João Adelino Faria