...
27/08/2014 | 19:56 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Dinheiro Vivo

PUB
Com a chegada do frio mais cortante, a fatura da eletricidade e do gás tende a subir. Saiba como poupar no final do mês.

10 conselhos para poupar energia em casa este Inverno

Sintra pode ficar branca
D.R.
20/11/2012 | 09:50 |  Dinheiro Vivo

O frio começa a ameaçar a sério e com isso a fatura da eletricidade e do gás essente-se. Veja dez conselhos práticos para que as contas ao final do mês não sejam tão assustadoras durante o inverno.

1. Procure manter uma temperatura constante à volta dos 22º. É a mais eficiente.

2. Não faça grandes variações. As subidas e descidas abruptas de temperatura podem ter um efeito considerável na fatura. Um grau a mais pode significar um aumento de 7% nos custos.

3. Desligue o aquecimento à noite e não o ligue de manha até a casa estar ventilada e as janelas fechadas. Nos quartos, à noite, basta ter uma temperatura entre 15 e 17º.

4. Instale um termostato para regular a climatização da casa. Pode chegar a ter uma poupança entre 8 e 13% usando válvulas termoestáticas nos radiadores.

5. Um termostato no duche também pode ajudar a poupar até 6% de energia, sendo que a temperatura perfeita para se sentir cómodo anda em volta dos 30 a 35º. Os sistemas de acumulação de água quente são mais eficientes que os de produção instantânea. Se tem torneiras independentes para a água quente e fria, o melhor é passar para uma só.

6. Arranje um bom isolamento. Se possível, aposte em janelas duplas ou vidros duplos. Vai poupar cerca de 20% de energia. É que 40% das fugas de energia acontecem pelos vidros e janelas.

7. Procure de onde vêm as correntes de ar em sua casa e se estão em sítios que não utiliza feche-os com silicone, massa ou outro material similar.

8. Coloque os aquecedores junto às janelas. Assim vai criar uma cortina de ar quente que atenua a exposição ao frio exterior.

9. Desligue os radiadores de que não necessita para manter o conforto e desligue o aquecimento se vai estar fora mais do que um dia.

10. Abra as janelas o tempo necessário para ventilar as divisões da casa. Dez minutos é o suficiente para renovar o ar.

Não se esqueça, finalmente, de que também deve ter atenção à iluminação, outra fonte de consumo de energia. Um edifício gasta cerca de 60% em climatização- Este valor varia de acordo com o uso, localização e eficiência energética, mas o aumento da fatura nos meses de invernos nota-se bem na carteira.

Há alguns gestos simples que podem significar poupanças significativas.

Opinião&Blogs
O Brasil do Manchetómetro
Por  João Almeida Moreira
15:57
01:46
Turistas nada acidentais   Por  Sérgio Figueiredo
00:00
Os anjos da saúde   Por  Tiago Figueiredo Silva
Slideshows
Ferguson: a violência...