22/12/2014 | 19:27 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Nuno Aguiar

PUB
Avaliação tem de terminar até ao final de 2012. Finanças vão contratar mais 900 inspetores para cumprir o prazo exigido pela troika

Finanças já avaliaram o IMI de 500 mil casas. E vão contratar 900 inspectores

20/03/2012 | 15:40 |  Dinheiro Vivo

Segundo o Ministério das Finanças, dos 5,4 milhões de prédios urbanos que terão de ser avaliados, o Executivo já concluiu o processo de quase 500 mil. Ou seja, 9,3% do total.

A reaavaliação dos imóveis - uma exigência da troika - arrancou em dezembro e terá de estar concluída até ao final de 2012. Irá abranger todos os prédios urbanos que não tenham sido avaliados desde 2004 e terá como consequência um aumento generalizado do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Feita a avaliação, o valor é enviado aos proprietários que, caso não concordem, têm 30 dias para pedir uma segunda avaliação. Prevendo-se um possível número elevado de recursos, o Governo irá contratar mais 900 inspetores para acelerar o processo de avaliação. Técnicos que, segundo o Executivo, necessitarão de uma formação inferior a um mês.

No primeiro Memorando de Entendimento, a troika estimava que a reavaliação dos imóveis e consequente aumento do IMI poderia fazer entrar mais 150 milhões de euros nos cofres do Estado.

Já foram avaliados quase 500 mil imóveis

Opinião&Blogs
A Rússia está ao rublo!
Por  Tiago Figueiredo Silva
16:36
Felizes contradições   Por  João Adelino Faria
08:41
Portugal é mexilhão   Por  Pedro Bidarra
00:01
Petrodólares   Por  Ricardo Reis