...
02/09/2014 | 02:49 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Dinheiro Vivo

PUB
CGTP marca greve geral; Banif muda administração; Desemprego em Portugal; Rendas; REN vendida a 22 de fevereiro

As cinco notícias mais importantes do dia em 30 segundos

Notícias do dia
D.R.
16/02/2012 | 18:00 |  Dinheiro Vivo

Para saber o que de mais importante aconteceu hoje, leia as notícias abaixo.

1. Arménio Carlos: CGTP convoca greve geral para 22 de março - Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP, anunciou publicamente a marcação de uma greve geral para 22 de março. "Esta greve é pelos trabalhadores e contra o pacote de exploração levado a cabo pelo Governo, no que diz respeito às mudanças das condições de trabalho", disse o secretário-geral da CGTP. Segundo o sindicalista, "antes do anúncio contactámos vários sindicatos, alguns da UGT, que manifestaram disponibilidade para participar. Agora, a posição da UGT é da UGT. Esta greve é contra a reforma da legislação laboral, contra mais desemprego e mais pobreza."

2. Mudança total no Banif: atual administração não será reconduzida - O Banif vai ter uma nova administração a partir da próxima assembleia geral de acionistas. Segundo apurou o Dinheiro Vivo, na próxima assembleia não serão candidatos aos órgãos sociais do Banif o atual presidente do banco, Joaquim Marques dos Santos, nem o atual CEO, Carlos Duarte de Almeida. Além disso, o atual presidente do Banif Investimento, Artur Silva Fernandes, não será igualmente candidato a continuar a ocupar este cargo.

3. Os 10 números do desemprego em Portugal - O INE divulgou hoje as estatísticas do desemprego em Portugal relativas ao quarto trimestre. A situação piorou à medida da crise económica. Estes são os 10 números que deve ficar a saber sobre o desemprego em Portugal: 14% - Taxa de desemprego estimada para o 4º trimestre de 2011. Este valor é superior em 1,6 pontos percentuais ao do trimestre anterior.

4. Lisboa tem das rendas de escritórios mais baixas do mundo - As rendas dos escritórios na Avenida da Liberdade, em Lisboa, continuam a ser das mais baratas de todo o mundo, revela um relatório da consultora imobiliária Cushman & Wakefield. De acordo com este estudo, arrendar um escritório nesta zona - a Avenida mais nobre e mais cara da cidade - custa 311 euros por ano e por metro quadrado (m2), ou seja, entre 18 e 19 euros por mês/m2, mais as despesas de condomínio e manutenção.

O dia em 30 segundos

Opinião&Blogs
O BES Angola é banco bom ou banco mau?
Por  Ricardo Reis
00:00
Suicídio   Por  João Adelino Faria
00:00
A chamada das euforias   Por  Tiago Figueiredo Silva
00:00
Quando o nevoeiro passar   Por  Joana Petiz
Slideshows