...
18/09/2014 | 10:37 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Dinheiro Vivo

PUB
Instituições interessadas vão desde o Comité das Regiões até ao Banco Central Europeu. BEI chega a oferecer bolsas no valor de 3264 euros.

União Europeia procura mais jovens para estágios remunerados

Comissão Europeia
D.R.
08/03/2013 | 13:47 |  Dinheiro Vivo

A União Europeia encontra-se à procura de estagiários com licenciatura para estágios com durações entre 3 a 6 meses, indo até 2 anos em algumas instituições. As candidaturas terminam no final deste mês, nalgumas instituições e no final de abril noutras.

A oferta abrange um número alargado

de qualificações. O Banco Europeu de Investimento (BEI), por exemplo, procura "licenciados recentes num dos domínios relacionados com a atividade do Banco".

A experiência profissional não é um entrave, sendo que o BEI quer alguém com pouca ou nenhuma experiência. Outros

procuram licenciados especializados em Direito e Ciência Política , como é o caso do Tribunal de Justiça.

Já o Parlamento Europeu não discrimina licenciaturas, e só pede alguém titular "de um diploma de licenciatura, mestrado ou doutoramento".

Outros, como o Comité Económico e Social Europeu, dão preferência a alguém que queira fazer "estágio como parte do currículo escolar". O Parlamento também abre vagas especializadas para "licenciados com deficiência".

Remuneração mínima de 850euro, trabalhando no estrangeiro

As remunerações oferecidas ao abrigo destes estágios variam. Se o Banco Central Europeu oferece bolsas entre os 850euro e 1700euro por mês, o BEI oferece uma de 3264 euros, mais benefícios. Muitas outras instituições que procuram estagiários

não especificam o valor da remuneração, mas na sua maioria ronda os 1100 euros.

O estágio exige também que o escolhido se instale durante um certo período no estrangeiro. A maioria dos estágios é nos locais onde se encontram as sedes das instituições, como em Frankfurt (BCE), Bruxelas (Comité das Regiões) e o Luxemburgo (Tribunal de Contas Europeu).

Contudo, outras instituições abrem vagas numa miríade de cidades. O Parlamento Europeu informa que o estagiário poderá

ser escolhido para trabalhar em "Bruxelas, Estrasburgo, Luxemburgo, gabinetes de informação nos Estados-Membros e nos

países candidatos", enquanto a Comissão Europeia informa que tem "dois estágios nas delegações da Comissão em países terceiros". O BEI oferece estágios em "gabinetes externos do BEI".

Parlamento Europeu abre vagas especiais para licenciados com deficiência

Opinião&Blogs
Eleições em modo Kill Bill
Por  João Almeida Moreira
02:28
Quem tem tromba é o elefante   Por  Joana Petiz
23:52
A imigração segundo o Conde de Gouvarinho   Por  Sérgio Figueiredo
00:00
Levantar a cabeça   Por  João Adelino Faria
Slideshows