...
23/09/2014 | 09:19 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Margarida Videira da Costa

PUB
Há vagas para designers, gestores, contabilistas e até engenheiros, em Portugal e fora. A área: moda

Hoje, 25 de maio, estas 10 empresas têm 3 mil empregos disponíveis

Salsa quer recrutar um engenheiro civil
D.R.
25/05/2012 | 01:47 |  Dinheiro Vivo

Poucas multinacionais oferecem empregos tão diversificados como as da indústria da moda. Se pensa que estas marcas só oferecem um lugar a dobrar camisolas numa loja, pense duas vezes. Estes existem, claro, e são muitos. Mas a moda emprega também gestores, designers, contabilistas e até engenheiros. Em Portugal e pelo mundo fora. Esta é uma parte das ofertas de trabalho que disponibilizam hoje.

Inditex. 511

O site do grupo Inditex, dono das Zara, Massimo Dutti, e outras marcas mais conhecidas do high street fashion, tem atualmente 511 ofertas de trabalho. A maioria são lugares para venda nas lojas de que dispõe pelo mundo, mas também existem dezenas pedidos de designers para os ateliers das marcas em Espanha e vagas para posições operativas em diferentes cidades. Neste momento, por exemplo, pedem gestores de produto que dominem italiano e português para os escritórios em Tordera, Barcelona. Para trabalhar nas lojas do grupo, não precisa de ter experiência profissional, mas o domínio da língua local é obrigatório. Para ver quais as cidades com maior oferta consulte o site aqui.

H&M: 299

A sueca H&M tem um programa de recrutamento específico para cada um dos países onde está presente, e a que pode aceder através do site geral (aqui). Neste momento, só as ofertas no Reino Unido, Espanha, França, Alemanha, Itália e Suécia somam 299 anúncios. A maioria está na Alemanha (137) e refere-se a pessoal para lojas, com domínio de alemão. Em Portugal pode subscrever a lista de vagas disponíveis aqui

Modalfa (Portugal)

A empresa do grupo Sonae está a recrutar, no plural, vendedores e responsáveis de loja para Chaves, Estremoz, Lagos, Linha de Sintra, Póvoa de Varzim, Santarém e Setúbal. Para o posto de responsável de loja, a experiência na área do retalho é um fator preferencial, e a formação académica a partir do 12.º ano é obrigatória. Para o segundo, apenas o "gosto pela moda" é essencial. As candidaturas são preenchidas aqui.

Opinião&Blogs
Ainda há maus chefes
Por  Joana Petiz
09:00
Bem-vindos a Portugal   Por  Sílvia de Oliveira
23:49
Santos e pecadores   Por  João Adelino Faria
23:47
O populismo na Europa   Por  Ricardo Reis
Slideshows