...
25/10/2014 | 07:18 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Ilídia Pinto

PUB
Cervejeira apostou fora para compensar quebra do mercado nacional. Mercado externo cresceu para 167 milhões de euros

SuperBock e Unicer com recorde de vendas para fora. Lucro sobe 14%

António Pires de Lima
Lisa Soares
15/05/2013 | 15:00 |  Dinheiro Vivo

A Unicer fechou o exercício de 2012 com resultados líquidos de 28 milhões de euros, um aumento de 14% face ao ano anterior.

As vendas liquidas foram de 498 milhões, mais 3% do que em 2011, sendo 344 milhões no mercado interno, quatro milhões inferiores ao ano anterior. Já o mercado externo cresceu de 138 para 167 milhões de euros, com um recorde de vendas: 222 milhões de litros.



"Foi um ano de superação do mercado interno e de reforço da liderança fora de portas", afirmou António Pires de Lima, presidente da Unicer. A empresa reclama que recuperou a liderança no mercado de cerveja, em 2012, com uma quota de 49,2% contra 48,1% da sua concorrente mais direta.



No último ano, a empresa de bebidas com sede em Leça do Balio investiu 54 milhões, mais 30 milhões do que em 2011, ao mesmo tempo que reduziu a sua divida em 15 milhões para um total de 175 milhões de euros.

"A empresa tem as necessidades de financiamento garantidas para os próximos três anos", assegurou o diretor financeiro da Unicer. Questionado sobre a hipótese de poder emitir obrigações, Rui Lopes Ferreira garante: "É uma hipótese. Não temos tabus nessa matéria".

A empresa aproveitou, ainda, para dar a conhecer já os números dos primeiros meses de 2013, ano pautado por um "ainda maior rigor no controlo de custos". Assim, entre janeiro e abril, as vendas líquidas cresceram 4%, para 117,4 milhões de euros, e 2% em volume, para 176,2 milhões de litros. O EBITDA aumentou 46% passando de 10 para 14,6 milhões.

No último ano, a empresa de bebidas com sede em Leça do Balio investiu 54 milhões, mais 30 milhões do que em 2011

Opinião&Blogs
O melhor gestor de imagem
Por  João Adelino Faria
12:13
Taxar, cada vez mais   Por  Ricardo Reis
10:35
Durão (Fígaro) Barroso   Por  Pedro Bidarra
16:25
Obrigado, Governo   Por  Luís Reis Ribeiro
Slideshows