...
01/08/2014 | 04:43 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Joana Petiz

PUB
Gestora de fundos americana que já foi a maior acionista da operadora tem hoje menos de 5%

Capital Research reduz na Portugal Telecom

Zeinal Bava
Nuno Pinto Fernandes
13/02/2012 | 22:28 |  Dinheiro Vivo

A Portugal Telecom informou esta noite a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários que a Capital Research and Management ("Capital") "passou a deter uma participação qualificada inferior a 5% dos direitos de voto correspondentes ao capital social da PT".

Há apenas cinco meses, a gestora de fundos norte-americana que chegou a ser a maior acionista da PT (com 11%, em 2010) contava com mais de 10% na operadora portuguesa mas desde então tem vindo a reduzir o capital na Portugal Telecom.

Há uma semana, o Norges Bank também reduziu a sua participação na operadora (veja aqui).

A redução da participação da Capital Research resultou da venda de 2,250 milhões de ações, "no dia 2 de fevereiro, em mercado regulamentado". Na sequência da transação acima referida, passou a ser imputável à gestora de fundos norte-americana uma participação qualificada correspondente a 4,79% do capital social da PT e correspondentes direitos de voto.

"A Capital informou ainda que as ações objeto da presente divulgação são detidas por fundos de investimento sob a gestão discricionária da Capital, e que esta exerce os direitos de voto correspondentes a tais ações", acrescenta-se em comunicado.

A gestora de fundos americana Capital Research reduziu a sua participação na PT para menos de 5%

Opinião&Blogs
A vida social de Vítor Bento
Por  Sílvia de Oliveira
00:00
A América é que ganhou a Copa   Por  João Almeida Moreira
00:00
Esta apanhou-me na curva   Por  Ana Rita Guerra
00:00
O risco da improbabilidade   Por  Sílvia de Oliveira
Slideshows
Faixa de Gaza: mortos...