...
25/07/2014 | 22:49 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Dinheiro Vivo

PUB
CEO da Unicer considera que a solução para a queda do consumo passa por crescer fora de Portugal

"As vendas da Super Bock estão a cair"

Ministro tenta captar investimento
Ricardo Júnior
17/11/2011 | 13:21 |  Dinheiro Vivo

Na Dinamarca, a Carlsberg admite que em 2012 as condições de negócio poderão ser as piores imagináveis para a cervejeira. Em Portugal, Pires de Lima concorda que as vendas de cerveja irão cair no próximo ano.

António Pires de Lima admite que, em Portugal, a Carlsberg tem um "presença pequena". Assim, a queda das vendas não é sentida como acontece com as vendas da cerveja líder.

Mas o CEO da Unicer, empresa que distribui a Carlsberg em Portugal, admite que as condições do mercado estão a piorar. "As vendas da Super Bock estão a cair", seguindo a tendência do mercado.

Para este ano, Pires de Lima prevê que o mercado caia 6 a 7%. Já para 2012, o empresário admite que o mercado pode ter uma queda na ordem dos dois dígitos. "Não me espantaria se o consumo caísse 10%". O líder da Unicer destaca ainda o "consumo fora de casa" como aquele que apresentará piores resultados.

Mas apesar da diminuição do consumo, Pires de Lima assegura que a Super Bock deverá cair menos que o mercado. Com efeito, segundo o CEO da empresa líder do mercado das cervejas, "a Super Bock está a aumentar a sua quota de mercado".

Líder da Unicer diz que mercado das cervejas pode cair 10% em 2012, mas apesar das quedas Super Bock deverá aumentar quota de mercado

Opinião&Blogs
Tenho uma Cassandra dentro mim
Por  Pedro Bidarra
00:00
Esqueçam os ridículos descontos no IRS   Por  Sílvia de Oliveira
12:50
iTime. Está na hora de acordar, Apple   Por  Ana Rita Guerra
00:12
As lições económicas da copa   Por  João Almeida Moreira
Slideshows
Judeus e Árabes "recusam-se...