20/12/2014 | 12:13 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Erika Nunes

PUB
Associação de Defesa do Consumidor negociou desconto e contratos sem fidelização para beneficiar consumidores que adiram ao mercado livre

Protocolo DECO com Goldenergy permite poupar mais de 50 euros na luz e no gás

Leilão integra gás e eletricidade
D.R.
26/10/2012 | 10:10 |  Dinheiro Vivo

Mais de 50 euros por ano é quanto a DECO estima que os seus associados possam poupar se aderirem ao mercado liberalizado da eletricidade e do gás no âmbito do protocolo que assinaram com a Goldenergy.

A associação negociou, ainda, com o fornecedor de gás "um contrato livre de cláusulas lesivas e sem período de fidelização e extensível a todos os consumidores", o que permitirá, a quem assim pretender, mudar de fornecedor a qualquer momento sem mais encargos.

No simulador da DECO, os consumidores poderão descobrir se o fornecedor do grupo Dourogás lhes permite, efetivamente, poupar na conta de energia ao final do ano.

Até ao mês passado, segundo a associação, apenas cerca de 12% do total de famílias tinha mudado para o mercado livre da eletricidade e, no caso do gás natural, essa percentagem era ainda menor.

"Os consumidores não sabem que fornecedor escolher face às diferentes propostas. Por sua vez, sentem-se pressionados a decidir, para não ficarem sujeitos aos aumentos trimestrais das tarifas reguladas, previstos a partir de janeiro de 2013", adianta a DECO.

Quem tem tarifa bi-horária não deve alterar fornecedor de luz, exceto se tiver melhor proposta da concorrência, mas no gás já pode poupar

Opinião&Blogs
A Rússia está ao rublo!
Por  Tiago Figueiredo Silva
16:36
Felizes contradições   Por  João Adelino Faria
08:41
Portugal é mexilhão   Por  Pedro Bidarra
00:01
Petrodólares   Por  Ricardo Reis