18/12/2014 | 07:13 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Dinheiro Vivo | Lusa

PUB
Curta-metragem do realizador português foi distinguida na capital alemã

"Rafa" de João Salaviza ganha Urso de Ouro no Festival de Berlim

Salaviza dedicou prémio ao Governo
ANDRÉ KOSTERS
18/02/2012 | 18:55 |  Dinheiro Vivo

"Rafa", de João Salaviza, ganhou hoje o Urso de Ouro do Festival de Cinema de Berlim, na categoria de curtas-metragens, anunciou o júri do certame, hoje à noite, na capital alemã.

João Salaviza começou por dizer que estava "muito surpreendido e que teria preparado um discurso bonito se soubesse que ia ganhar". 

No seu agradecimento, perante 1600 espetadores, disse ainda que dedicaria o prémio ao governo português.  

"Mas só na condição de nos ajudarem nos próximos anos, porque não sabemos o que vai acontecer com o nosso cinema", sublinhou. 

No improviso, João Salaviza destacou ainda o trabalho do protagonista do filme, Rodrigo Perdigão. 

"Ele fez mais do que eu pelo filme", mas não pode estar presente em Berlim. A terminar, dedicou ainda o prémio à família. 

"Amo-vos muito", disse o jovem cineasta português, que já tinha ganho a Palma de Ouro das curtas-metragens em Cannes, com "Arena", em 2009. 

A curta-metragem de João Salaviza, um dos 27 trabalhos a concurso, é sobre um miúdo de 13 anos preocupado com a mãe, detida numa esquadra da polícia por conduzir sem carta. 

A curta-metragem foi aplaudida na sua estreia mundial em Berlim, na quarta-feira passada. 

O júri formado, pela actriz palestiniana Emily Jacir, pelo cineasta irlandês David Oreilly e pela actriz alemã Sandra Hueller, destacou a "impressionante representação" de Rodrigo Perdigão, "no papel de um jovem a caminho de se tornar adulto".  

João Salaviza dedicou o prémio ao Governo português "na condição" de ajudar o setor nos próximos anos

Opinião&Blogs
O Banana como símbolo
Por  João Almeida Moreira
08:58
02:00
23:32
O déjà vu na Grécia   Por  Tiago Figueiredo Silva