...
23/09/2014 | 03:17 | MOBILE | RSS
RSS
+-TEXTO

Por Ana Baptista

PUB
Aumento da procura e limitações ao crédito fazem disparar o número de casas no mercado. Lisboa e Porto registam subidas significativas

Sem crédito: número de casas para arrendar sobe 31%

Saiba quanto vai pagar se mora no Porto
D.R.
18/08/2011 | 08:49 |  Dinheiro Vivo

O aumento da procura de arrendamento está a alterar o mercado da habitação em Portugal. Em apenas um ano, entre Junho de 2010 e Junho de 2011, o número de casas para arrendar em Portugal cresceu 31%, passando de 11.882 para 15.563 casas.

Segundo dados do barómetro Casa Sapo, em Junho registavam-se no portal 13.263 apartamentos exclusivamente para arrendamento, mais 33% em relação a Junho de 2010 (9.991), e ainda 2.302 moradias, mais 22% que em Junho de 2010 (1.891).

Analisando apenas os dados para Lisboa e Porto, na capital contavam-se, em Junho, 17.295 casas para arrendamento, e no Porto, 4.707, contudo, estas não estão em regime de exclusividade, ou seja, não estão apenas para arrendar. Podem estar para arredamento com opção de compra ou para venda ou arrendamento, consoante a negociação entre vendedor e comprador.

Este crescimento da oferta está directamente relacionado com o aumento da procura. "Comparativamente com o primeiro semestre de 2010, o mercado de arrendamento está mais dinâmico e verificámos um aumento das transacções, que se deve ao facto de os bancos serem cada vez mais rigorosos e exigentes na concessão de crédito", disse ao Dinheiro Vivo, o director-geral da ERA em Portugal, Miguel Poisson.

Contudo, para este responsável ainda é cedo para dizer que existe um mercado de arrendamento real. "Diria que o arrendamento aumentou somente porque o crédito à habitação se tornou mais difícil de obter" e por isso, "não tem ainda expressão no contexto do mercado imobiliário português".

Em Portugal, uma renda média fica em 561,47 euros. Já em Lisboa, as rendas médias são de 676,41 euros e no Porto são de 462,29 euros

Tags
Opinião&Blogs
Ainda há maus chefes
Por  Joana Petiz
09:00
Bem-vindos a Portugal   Por  Sílvia de Oliveira
23:49
Santos e pecadores   Por  João Adelino Faria
23:47
O populismo na Europa   Por  Ricardo Reis
Slideshows