Luanda Leaks

Isabel dos Santos quis ser paga em dinheiro após arresto de bens

Isabel dos Santos
(Pedro Granadeiro/Global Imagens)
Isabel dos Santos (Pedro Granadeiro/Global Imagens)

A antiga dona da Efacec terá chegado a ameaçar os outros administradores da Unitel com processos judiciais, noticia o Público.

Isabel dos Santos tentou que a operadora Unitel, na qual exerce funções como administradora, lhe pagasse o salário mensal de 44 mil euros em dinheiro em vez da habitual transferência bancária, após ter sido alvo de um arresto de bens em Angola.

A empresária, que tem contas e bens arrestados tanto em Angola como em Portugal, alegadamente ameaçou os outros administradores da Unitel com processos judiciais, noticia o Público na sua edição desta segunda-feira.

O jornal destaca ainda que a compra da Efacec por Isabel dos Santos foi financiada por contas bancárias pelos offshores de Malta e da Zona Franca da Madeira.

O Governo decidiu nacionalizar 71,73% do capital da Efacec.

A saída de Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, do capital da empresa aconteceu na sequência do caso Luanda Leaks, que resultou das revelações feitas pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, expondo alegados desvios de fundos da investidora, através de paraísos fiscais.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Isabel dos Santos quis ser paga em dinheiro após arresto de bens