Angola

Sonangol vai manter posições na Galp e no BCP

Carlos Saturnino, Sonangol.

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )
Carlos Saturnino, Sonangol. ( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

A Sonangol diz que o que está na mesa é um diferendo com Isabel dos Santos na holding que é acionista indireta na Galp, noticia o Expresso.

A petrolífera angolana, Sonangol, garante que vai manter as posições que detém no capital da Galp Energia e no Milllenium bcp.

Uma fonte do conselho de administração da Sonangol citada pelo jornal Expresso este sábado afirmou que apesar “a participação da Sonangol na Galp, um ativo altamente valioso, é para manter, assim como no Millennium”.

O Jornal de Negócios noticiou no passado dia 13 que a Sonangol estava à procura de um comprador para a participação na petrolífera portuguesa.

O maior acionista da Galp é a Amorim Energia, com 33,34% da companhia. A Sonangol tem uma posição indireta na Galp através de um dos acionistas da Amorim Energia, a Esperaza Holding, que controla 45% do maior acionista da petrolífera portuguesa. A Sonangol detém 60% da Esperaza e a empresária angolana Isabel dos Santos, filha do ex-presidente de Angola, tem os restantes 40%.

Segundo a mesma fonte, citada pelo Expresso, o que está em causa é o diferendo entre a Sonangol e Isabel dos Santos, no âmbito da Esperanza Holding.

A petrolífera detinha 19,49% do capital do bcp no final de 2017.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Sonangol vai manter posições na Galp e no BCP