entra & sai no Estado

Agência Nacional de Compras Públicas lança dois novos concursos

A Agência Nacional de Compras Públicas (ANCP) lançou dois novos concursos públicos para selecionar as empresas que vão fornecer combustíveis rodoviários e prestar serviços ao Estado relacionados com as plataformas eletrónicas de contratação pública.

Com a conclusão deste dois concursos, refere a ANCP em comunicado, “serão selecionadas as empresas que ficarão habilitadas a fornecer os produtos e a prestar os serviços ao Estado” no âmbito das categorias combustíveis rodoviários e plataformas eletrónicas de contratação pública.

No que respeita aos combustíveis rodoviários, a agência afirma que a despesa pública anual prevista para este ano ascende a “cerca de 80 milhões de euros”.

A ANCP salienta que estes são os primeiros concursos públicos que lança este ano, que têm como objetivo renovar dois dos atuais 16 acordos quadro em vigor, cobrindo categorias como serviço móvel terrestre, higiene e limpeza, licenciamento de ‘software’, refeições, equipamento informático, viagens e alojamentos, vigilância e segurança, eletricidade, entre outras.

A agência diz ainda que pretende lançar novas categorias de acordos quadro no decorrer deste ano, designadamente gestão de frota automóvel ou serviços associados a novas tendências na área das tecnologias de informação e comunicação.

A ANCP gere o Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP), que conta com mais de 270 fornecedores qualificados e agrega toda a administração direta do Estado, bem como as mais de 430 entidades voluntárias oriundas sobretudo da Administração Local e do setor empresarial do estado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença parental paga até um ano no trabalho em part-time

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Venda do Novo Banco é “um não-assunto” para o Fundo de Resolução

Agência Nacional de Compras Públicas lança dois novos concursos