Assunção Cristas

Carne mais cara. Governo cria nova taxa

Cristas foi ministra do Ambiente
Cristas foi ministra do Ambiente

O Governo quer acabar com a incineração indiscriminada de cadáveres de animais e admite criar uma taxa sobre a carne para ajudar a financiar este sistema, anunciou a ministra da Agricultura.

Assunção Cristas falava no debate da especialidade sobre o Orçamento do Estado para (OE2012) e respondia desta forma às dúvidas dos deputados do PCP e do PEV sobre as alterações neste sistema, que acusaram a ministra de “virar costas à sanidade animal”.

“Não virámos costas à sanidade animal”, garantiu, salientando que é preciso distinguir o que é, ou não, necessário incinerar, sem pôr em causa os regulamentos comunitários e a saúde pública.

“A incineração de cadáveres começou com as vacas, por causa da ‘doença das vacas loucas’ e neste momento estamos a incinerar tudo, até coelhos”, afirmou a governante.

Assunção Cristas adiantou que o ministério está a trabalhar num novo modelo de financiamento deste sistema para “não sobrecarregar tanto a despesa pública e os contribuintes”.

Uma das hipóteses que está a ser estudada é a criação de uma taxa sobre a carne que pode vir a “onerar um bocadinho o consumidor”, mas permite abranger a carne importada “que entra com preços mais baratos e, muitas vezes, não está sujeita às mesmas regras.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. FILIPE FARINHA/LUSA

Marcelo promulga descida do IVA da luz consoante consumos

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

Carne mais cara. Governo cria nova taxa