Saúde recebe menos e défice aumenta para 74 milhões de euros

O saldo da execução financeira do Serviço Nacional de Saúde (SNS) piorou de forma significativa no primeiro trimestre deste ano. A receita foi a principal responsável, tendo neutralizado as poupanças na despesa.

Segundo a execução orçamental, hoje divulgada, o défice da Saúde foi de 74 milhões de euros, “representando uma deterioração de 81 milhões de euros face a março de 2011”.

“Este resultado reflete uma redução da receita mais expressiva do que a ocorrida na despesa, tendo o decréscimo das transferências do Orçamento do Estado sido mais acentuado do que a diminuição da despesa com subcontratos”, diz a Direção-Geral do Orçamento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministério das Finanças

Só quadros superiores do Fisco podiam esconder offshores

Fábrica de calçado. Fotografia: Amin Chaar

Diferença salarial entre China e Portugal é cada vez menor

Foto: DR

Depósitos com juros de 1,8% usados pelos bancos como “engodo”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Saúde recebe menos e défice aumenta para 74 milhões de euros