Joana Petiz

Jornalista e diretora do Dinheiro Vivo

Joana Petiz

A Memória e outras preocupações

Nuno Artur Silva está preocupado com os jornalistas do Global Media Group. Ouvimo-lo da sua própria boca nesta semana, solidário com as convulsões que este grupo, a que pertence o Dinheiro Vivo, tem sofrido nos últimos anos e que obrigaram a cortes duros sucessivos em nome da estabilização de uma empresa privada. É uma realidade que o hoje secretário de Estado que tutela os media conhece um bocadinho. Para quem não sabe ou não se recorda, antes de ingressar no governo de António Costa, Nuno Artur Silva foi durante um ano curador do anterior suplemento do Diário de Notícias, 1864, cujos temas ajudava a definir semanalmente, já num período desafiante do GMG.

Joana Petiz

Deixem-nos trabalhar

A pandemia e as restrições obrigatórias ainda nos mantêm com grilhões apertados, a bazuca continua a aquecer em Bruxelas, a burocracia vai despejando areia nas engrenagens dos apoios e João Leão distrai-se a contar os tostões refundidos na gaveta para controlar o défice. O governo quer-nos presos em casa - sair, é para trabalhar e pouco mais, que assim controla-se melhor a pandemia; não se resolve nada, até se piora tudo o resto, mas ao menos os números da covid ficam ali, baixinhos, a parecer bem. E o Presidente já anunciou que devemos continuar a laborar à distância, circulando o menos possível até ao final do ano.