futuro banca

Popular corta 295 postos de trabalho em Portugal

Fotografia: REUTERS/Juan Medina
Fotografia: REUTERS/Juan Medina

Até ao final do ano, Popular fecha 47 agências no país

O Banco Popular vai fechar 47 agências e cortar 295 postos de trabalho em Portugal até ao final do ano, comunicou a instituição esta tarde.

“Em Portugal, o ajuste decorrerá até final do ano. A reformulação da rede de agências implica o encerramento de 47 agências, prevendo-se a saída de 295 colaboradores”, revelou o Popular, depois do grupo ter ontem apresentado os objetivos globais para a sua reestruturação.

Em comunicado, o banco explicou que as saídas passarão por processos de reforma mas também por “via da celebração de acordos de cessação dos contratos de trabalho”.

“Por forma a garantir aos trabalhadores o acesso ao subsídio de desemprego, em Portugalfoi requerido ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social a declaração do Banco como empresa em reestruturação para efeitos de quadro de pessoal.”

A reestruturação do grupo Popular vai afetar, ao todo, perto de 2600 trabalhadores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão. ma Assembleia da República. 
(JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA)

Governo volta a negociar aumentos de 2020 com funcionários públicos

Greve escola função pública

Último ano da geringonça foi o de maior contestação na função pública

Popular corta 295 postos de trabalho em Portugal