Montepio

Acionistas do Montepio escolhem PwC como ROC para 2019-2021

Dulce Mota, CEO do Banco Montepio e Carlos Tavares, chairman do Banco.
Fotografia: Gustavo Bom / Global Imagens
Dulce Mota, CEO do Banco Montepio e Carlos Tavares, chairman do Banco. Fotografia: Gustavo Bom / Global Imagens

Os acionistas aprovaram também o relatório e gestão de contas do exercício de 2018.

Os acionistas do Banco Montepio aprovaram, por unanimidade, todos os pontos em discussão, entre os quais a eleição da PricewaterhouseCoopers (PwC) como revisor oficial de contas para o triénio 2019-2021, foi comunicado ao mercado esta quinta-feira.

De acordo com a informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os acionistas deliberaram a eleição “como revisor oficial de contas para o triénio 2019-2021, a sociedade PricewaterhouseCoopers & Associados”, aceitando a proposta da comissão de auditoria da instituição financeira.

A PwC tinha sido “a empresa de auditoria mais bem avaliada”.

Por outro lado, os acionistas aprovaram também o relatório e gestão de contas do exercício de 2018, a proposta de aplicação de resultados e a atribuição de um voto de louvor ao Conselho de Administração.

Em cima da mesa esteve ainda a deliberação sobre a declaração da política de remuneração dos membros do órgão da administração de fiscalização e da política de remunerações, tendo sido os dois pontos igualmente aprovados por unanimidade.

Esta tarde a instituição financeira divulga também os seus resultados trimestrais.

O Banco Montepio, anteriormente conhecido como Caixa Económica Montepio Geral, registou lucros de 12,6 milhões de euros em 2018, um aumento face aos 6,4 milhões de euros registados em 2017.

O Banco Montepio tem como ‘chairman’ Carlos Tavares e como presidente executiva Dulce Mota, e é detido pela Associação Mutualista Montepio Geral, liderada por António Tomás Correia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
Acionistas do Montepio escolhem PwC como ROC para 2019-2021