Angola

Angola respondeu por 75% dos lucros do BPI

Foto: Leonardo Negrão/Global Imagens
Foto: Leonardo Negrão/Global Imagens

O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros para os resultados líquidos do banco português

O Banco de Fomento Angola (BFA) respondeu por 75% dos lucros do BPI, com um contributo de quase 80 milhões de euros.

Nas contas apresentadas esta terça-feira, o banco liderado por Fernando Ulrich reportou lucros de 105,9 milhões de euros, um aumento de 39,1% face a igual período do ano passado.

Do bolo total, a atividade internacional contribuiu com 81,4 milhões de euros. E, desse montante, a quase totalidade veio de Angola. O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros, o equivalente a 75% dos resultados líquidos conseguidos pelo banco português.

O contributo do BFA para os resultados do BPI melhorou em 18,2%, detalha ainda o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Presidente executivo da TAP Antonoaldo Neves. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

TAP faz emissão de dívida só para investidores institucionais

Outros conteúdos GMG
Angola respondeu por 75% dos lucros do BPI