Angola

Angola respondeu por 75% dos lucros do BPI

Foto: Leonardo Negrão/Global Imagens
Foto: Leonardo Negrão/Global Imagens

O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros para os resultados líquidos do banco português

O Banco de Fomento Angola (BFA) respondeu por 75% dos lucros do BPI, com um contributo de quase 80 milhões de euros.

Nas contas apresentadas esta terça-feira, o banco liderado por Fernando Ulrich reportou lucros de 105,9 milhões de euros, um aumento de 39,1% face a igual período do ano passado.

Do bolo total, a atividade internacional contribuiu com 81,4 milhões de euros. E, desse montante, a quase totalidade veio de Angola. O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros, o equivalente a 75% dos resultados líquidos conseguidos pelo banco português.

O contributo do BFA para os resultados do BPI melhorou em 18,2%, detalha ainda o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Remessas de emigrantes voltam a disparar. Crescem 12,5% até julho

Remessas de emigrantes voltam a disparar. Crescem 12,5% até julho

O secretário Geral do Partido Socialista, António Costa (C) acompanhado pelo cabeça de lista do PS às eleições Europeias, Pedro Marques (E) e pelo Socialista Mário Centeno (D) num jantar comício em Setúbal no âmbito da campanha para as Eleições Europeias 2019. 22 de maio de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Centeno aponta margem de 200 milhões para aumentos na Função Pública

O ministro das Finanças, Mário Centeno, discursa na  Convenção Nacional do PS a decorrer no Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa, 20 de julho de 2019.  O Partido Socialista apresenta as suas propostas para as eleições legislativas de outubro, como conclusão das sessões organizadas sob o lema "Porque #TodosDecidem". MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Centeno. “No programa do BE passamos do fazer acontecer para fazer desaparecer”

Outros conteúdos GMG
Angola respondeu por 75% dos lucros do BPI