Santander

Apollo e Bain Capital apresentam propostas para malparado do Santander

Fotografia: Toby Melville  / Reuters
Fotografia: Toby Melville / Reuters

Estes dois fundos submeteram ofertas não vinculativas para o portefólio de 650 milhões de crédito malparado do banco Santander.

O Apollo Global Management e o Bain Capital estão entre os fundos que submeteram ofertas não vinculativas para o portefólio de 650 milhões de euros de crédito malparado do banco Santander, avança esta terça-feira a Bloomberg.

Conforme adiantou a agência, o grupo Arrow Global e o CarVal Investors submeteram também ofertas para o portefólio, que é maioritariamente constituído por dívida do Banco Popular Espanhol.

A Bloomberg entrou em contacto com fontes do Santander e dos fundos Apollo, Arrow, Bain, CarVal e Cerberus, que se recusaram a comentar o assunto.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
7º aniversário do Dinheiro Vivo: Conferência - Sucesso Made in Portugal. 
Pedro Siza Vieira, Ministro da Economia
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Made from Portugal: desafio para os próximos 7 anos

Lisboa, 11/12/2018 - 7º aniversário do Dinheiro Vivo : Conferência - Sucesso Made in Portugal, esta manhã a decorrer no Centro Cultural de Belém.
Rosália Amorim, Directora do Dinheiro Vivo; Antonoaldo Neves, CEO da TAP; João Carreira, Co-fundador e Chairman da Critical Software; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova; João Miranda, CEO da Frulact; Rafic Daud, Co-fundador e CEO da Undandy; Helder Dias, VP of Engeneering da Farfetch 
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Um unicórnio na China, papel higiénico sexy e patê de algas

Dinheiro Vivo | Altran | ISQ

A luta pelo talento, frangos felizes e alfaces em Marte

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Apollo e Bain Capital apresentam propostas para malparado do Santander