pagamentos

Apple Pay deve chegar finalmente esta quarta-feira a Portugal

Jennifer Bailey, vice presidente de Internet services da Apple, na Money 20/20
Jennifer Bailey, vice presidente de Internet services da Apple, na Money 20/20

Crédito Agrícola, Monese e N26 são algumas das instituições financeiras que anunciaram que iriam ter o serviço disponível em Portugal.

O popular serviço de pagamentos Apple Pay deverá chegar finalmente a Portugal esta quarta-feira, com várias entidades financeiras a preparar-se para anunciar a sua disponibilização aos consumidores portugueses.

Crédito Agrícola, Monese e N26 são algumas das instituições financeiras que anunciaram que iriam ter o serviço disponível em Portugal. O banco britânico Revolut tem o serviço disponível já em 16 países, incluindo em Espanha mas ainda não o disponibilizou em Portugal.

Segundo a publicação online Apple Insider, o serviço Apple Pay deverá ser lançado amanhã em Portugal, Grécia e Eslováquia.

Fontes do setor confirmaram ao DV que o arranque do Apple Pay no país deverá ocorrer amanhã, estando o anúncio a ser ultimado pela Apple e por instituições financeiras.

Tanto o Crédito Agrícola como o banco digital alemão N26 remeteram-se ao silêncio sobre este assunto.

O banco português anunciou em abril que iria lançar o serviço e passar a disponibilizar pagamentos digitais aos seus clientes. “Com esta nova funcionalidade, as compras online em apps e websites que aceitem o Apple Pay passam a ser tão simples quanto o toque de um dedo com o Touch ID, pelo que não é necessário fazer login ou criar uma conta”, explicava o Crédito Agrícola no comunicado com o anúncio.

“Quando um cartão de crédito ou débito é utilizado com o Apple Pay, os números reais dos cartões não são armazenados no dispositivo nem nos servidores da Apple. Em vez disso, um número de conta de dispositivo exclusivo é atribuído, criptografado e armazenado de forma segura no dispositivo. Cada transacção é autorizada com um código de segurança dinâmico e único”, adiantava.

A Monese escusou-se a comentar o tema mas já tinha anunciado em maio, através da sua conta na rede social Twitter, que iria lançar o serviço em Portugal.

 

O serviço de pagamentos foi lançado pela Apple em outubro de 2014 e tem como objetivo estar disponível em 40 países até ao final deste ano. Permite ao consumidor fazer compras em lojas físicas e na internet, enviar e receber dinheiro através de mensagens e é compatível com os equipamentos iPhone e com o Apple Watch.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

João Galamba, Secretário de Estado da Energia 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

João Galamba: “Há diferença entre encontrar rendas excessivas e cortá-las”

Outros conteúdos GMG
Apple Pay deve chegar finalmente esta quarta-feira a Portugal