Imobiliário

Avaliação das casas volta a subir em março para novo recorde

Avaliação de casas em alta
Avaliação de casas em alta

O valor médio de avaliação bancária fixou-se em 1.247 euros por metro quadrado, mais 8 euros que no mês anterior.

O valor médio de avaliação bancária das casas em Portugal subiu 6,9% em fevereiro, em termos homólogos, para 1.247 euros por metro quadrado, um novo máximo desde pelo menos 2011.

O Algarve registou a subida homóloga mais elevada, de 12,6%, e a Região Autónoma dos Açores foi a que teve uma menor subida da avaliação, de 1,7%.

A subida mensal foi de 0,6%, correspondente a oito euros, adiantou o Instituto Nacional de Estatística (INE) no ‘Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação’, divulgado esta sexta-feira.

“Quando comparado com fevereiro, o valor médio de avaliação dos apartamentos subiu 10 euros, para 1.320 euros/m2 . Nas moradias, o valor médio de avaliação subiu 3 euros, para 1.128 euros/m2”, adiantou.

Nos apartamentos, “o valor mais elevado foi observado na região do Algarve [1.665 euros/m2] e o mais baixo no Alentejo [1.038 euros/m2].

Nas moradias, o Algarve foi a região com o valor mais elevado, de 1.592 euros/m2, e a Área Metropolitana de Lisboa, onde a avaliação média se situou em 1.1 546 euros/m2. A região Centro registou o valor mais baixo, de 983 euros/m2.

A nível regional, a maior subida mensal para o conjunto da habitação registou-se no Centro – 1,4% -, e a única descida verificou-se na Região Autónoma da Madeira, onde a avaliação caiu 1,9%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, governador do Banco de Portugal.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Costa pede mais reformas a Costa

Illu - Site-02

Viagens ao espaço deixam turismo com a cabeça na Lua

Illu - Site-02

Viagens ao espaço deixam turismo com a cabeça na Lua

Outros conteúdos GMG
Avaliação das casas volta a subir em março para novo recorde