Fundo de Resolução

Banca reembolsa 136 milhões do apoio do Estado para Banif

Fachada da sede do Banif. (Fotografia: Tiago Petinga/Lusa)
Fachada da sede do Banif. (Fotografia: Tiago Petinga/Lusa)

Resolução obrigou à movimentação de 2,25 mil milhões, dos quais 1,766 mil milhões do OE e 489 milhões do Fundo de Resolução - cedidos pelo OE

O Fundo de Resolução já reembolsou 136,11 milhões de euros dos 489 milhões do empréstimo obtido junto do Estado para financiar parte das medidas de resolução aplicadas ao Banif no final do ano passado.

O reembolso parcial deste montante foi efetuado a 21 de julho, segundo comunicado do Fundo de Resolução, que esclarece que a verba paga “corresponde à receita da contribuição cobrada, até 31 de dezembro de 2015, junto das instituições abrangidas”.

Os 136,1 milhões correspondem a 28% do total do empréstimo concedido pelos contribuintes a este Fundo.

A resolução do banco madeirense decretada a 20 de dezembro de 2015 obrigou à movimentação de 2,255 mil milhões de euros, dos quais 1,766 mil milhões saíram dos contribuintes e 489 milhões de euros do Fundo de Resolução – emprestados pelos contribuintes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento suplementar mantém despesa de 704 milhões de euros para bancos falidos

Jorge Moreira da Silva, ex-ministro do ambiente

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Acordo PS-PSD. “Ninguém gosta de um planalto ideológico”

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: Reuters

Covid19. “Bazuca financeira tem de fazer mira à economia, desigualdades e clima”

Banca reembolsa 136 milhões do apoio do Estado para Banif