Lista de devedores

Banco de Portugal já divulgou a lista dos grandes devedores da banca

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )
Carlos Costa, governador do Banco de Portugal. (Ângelo Lucasl / Global Imagens )

O Banco de Portugal revelou esta terça-feira a lista dos grandes devedores da banca. O relatório, publicado no site da instituição, mostra quanto perderam nos últimos 12 anos os oito bancos que recorreram à ajuda do Estado.

A informação é anónima, estando identificados os bancos mas não os clientes. Estes são identificados no relatório através de um código numérico, sendo que a cada devedor foi atribuído o mesmo código em todos os bancos. Cada código diz respeito a um grupo económico, que pode incluir mais do que uma empresa.

O Banco de Portugal explica que a informação se baseia em dados “da exclusiva responsabilidade” dos bancos, e adiciona informação ao relatório que a instituição já tinha divulgado no passado dia 23 de maio.

A publicação dos números, esclarece ainda o supervisor da banca, resulta de “um diálogo construtivo” entre o Banco de Portugal e os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças.

Para cada banco, e por data de referência, o BdP disponibiliza uma tabela com “as grandes posições financeiras, incluindo créditos e participações societárias”.

Foram consideradas, explica o supervisor, “as operações com perdas associadas e de valor correspondente a pelo menos 1% do montante total dos fundos mobilizados, mas nunca inferior a 5 milhões de euros”.

Assim, é considerado um grande devedor na Caixa Geral de Depósitos quem tenha uma exposição de 62,5 milhões de euros. Para o BPN o montante é de 49,2 milhões de euros. Os grandes devedores do BES/ Novo Banco têm dívidas a partir de 43,3 milhões de euros. No Banif o limiar é de 33,6 milhões de euros e no BCP a fasquia de 1% corresponde a 30 milhões de euros. Para o BPI o montante é de 15 milhões e no BPP as perdas consideradas são de cinco milhões.

(Em atualização…)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Metro de Lisboa investe 114 milhões em novos comboios e sinalização

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas. (Fotografia: Global Imagens)

Governo confirma que está a estudar juntar aeroporto civil à base de Monte Real

Foto: D.R.

“Efeitos definitivos”. Isabel dos Santos sai da Efacec

Banco de Portugal já divulgou a lista dos grandes devedores da banca