banco popular

Banco Popular nega problemas de liquidez

Banco espanhol veio desmentir que estava a preparar uma venda urgente

O espanhol Banco Popular veio esta sexta-feira desmentir a informação avançada pelo El Confidencial de que estaria com problemas de liquidez e a tentar uma venda urgente.

O banco, que avançou em maio do ano passado com um aumento de capital de 2,5 mil milhões de euros, veio “desmentir categoricamente que tenha ordenado uma venda urgente” e que haja “um risco de falência”, segundo um comunicado enviado ao regulador de mercado espanhol.

O Banco Popular avançou também que está a planear um aumento de capital ou uma operação societária, a decorrer ainda em maio. A operação também está a ser acompanhada pelo regulador de mercado espanhol, que já veio desmentir o risco de falta de liquidez.

O Banco Popular avançou com uma reestruturação que abrangeu Portugal: o objetivo é cortar 295 trabalhadores e encerrar 47 balcões.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

lisboa casas turismo salarios portugal

Turismo praticamente paralisado em abril

Banco Popular nega problemas de liquidez