Bank Millennium com resultados de 118,8 milhões até setembro

Nuno Amado, CEO do grupo BCP
Nuno Amado, CEO do grupo BCP

O Bank Millennium, cuja maioria de capital é detida pelo BCP (Banco Comercial Português), obteve um resultado líquido de 118,8 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, anunciou hoje a instituição liderada por Nuno Amado.

Num comunicado enviado esta manhã à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o BCP revela que os resultados consolidados do Bank Millennium nos primeiros nove meses de 2015 foram de 493,5 milhões de zlotys (moeda polaca), ou 118,8 milhões de euros, e de 165,7 milhões de zlotys no terceiro trimestre, ou 39,5 milhões de euros.

A instituição liderada por Nuno Amado sublinha que se trata de “resultados estáveis, quer em termos homólogos, quer em termos trimestrais”.

“Este resultado estável foi obtido não obstante a envolvente desfavorável para o setor bancário na Polónia, que resultou numa diminuição do produto bancário, incluindo uma diminuição da margem financeira (devido aos cortes de taxa de juro) e das comissões (devido à intervenção regulamentar; por exemplo o corte nas comissões em cartões)”, acrescenta o comunicado.

O texto refere que o Bank Millennium “compensou uma diminuição homóloga do produto bancário com uma redução dos custos operacionais e das dotações para imparidade”.

O Millennium BCP precisa que os custos operacionais “diminuíram 2,5%” face aos primeiros nove meses de 2014, apesar do aumento das comissões pagas para o Fundo de Garantia Bancária.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Bank Millennium com resultados de 118,8 milhões até setembro