BCP

BCP quer entrar na corrida ao Novo Banco

BCP e Novo Banco, juntos, passariam a liderar o mercado bancário, superando a Caixa Geral de Depósitos

O BCP está a estudar várias formas de entrar na corrida à compra do Novo Banco. A instituição liderada por Nuno Amado quer atuar como agente e não como alvo no processo de consolidação do sector financeiro português. Mesmo estando atualmente impedida de comprar bancos porque ainda tem de devolver 750 milhões de euros em ajuda pública (CoCos).

A administração do BCP, mesmo assim, quer aproveitar a última oportunidade para entrar na corrida ao banco liderado por Eduardo Stock da Cunha, escreve o Jornal de Negócios esta quarta-feira.

BCP e Novo Banco, juntos, passariam a liderar o mercado bancário, superando a Caixa Geral de Depósitos quer na carteira de crédito (cerca de 93 mil milhões de euros), quer nos depósitos. Os dois bancos, em conjunto, poderiam ter mais de 1.200 balcões e mais de 13 mil colaboradores.

Esta opção foi elogiada, por exemplo, por Esmeralda Dourado. A engenheira e administradora do grupo SAG notou que, “com algum talento, penso que se conseguem encontrar soluções para reforçar o BCP, para para que ele possa ser um dos candidatos ao Novo Banco”, segundo entrevista publicada a 26 de março no Dinheiro Vivo.

O BCP (acionista do Global Media Group, que detém o Dinheiro Vivo) quer abrir a porta a novos acionistas. Na assembleia geral de 21 de abril vai ser votada uma proposta para que os atuais investidores prescindam do direito de preferência em aumentos de capital que ocorram nos próximos três anos, até 20% do capital atual. Os acionistas vão discutir na mesma reunião magna uma proposta de reagrupamento de ações.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

BCP quer entrar na corrida ao Novo Banco