Lesados do BES

BES: Presidente da República promete receber grupo de lesados em Belém

Marcelo Rebelo ouve os manifestantes num protesto convocado pelos lesados do BES, no Porto. Fotografia: Fernando Veludo / Lusa
Marcelo Rebelo ouve os manifestantes num protesto convocado pelos lesados do BES, no Porto. Fotografia: Fernando Veludo / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, prometeu este sábado receber em Belém os lesados do BES/Novo Banco para procurar “uma solução” para uma situação que disse compreender que os faça sentir “isolados e desesperados”.

“Um dia qualquer é bom senhor Presidente”, disse Jorge Novo, um dos lesados do BES/Novo Banco em resposta a Marcelo Rebelo de Sousa quando este lhe perguntava em que dia o grupo queria ir a Lisboa “conversar um pouco”.

O Presidente das República foi hoje recebido no Porto, onde participa na conferência “O Sistema de Saúde para o Cidadão”, por um grupo de lesados do BES/Novo Banco, ao qual se dirigiu antes de entrar no evento.

“Então vão ligar-lhes para combinar um dia que vos dê jeito para irem e virem”, prometeu Marcelo Rebelo de Sousa perante o grupo que se apresentou com tambores, buzinas, campainhas, faixas com as palavras “Vergonha”, “Roubo” e “Vigarice”, caixas pretas a simular urnas e bandeiras pretas num protesto ruidoso.

Já, quando caminhava em direção à Reitoria da Universidade do Porto onde decorre a conferência e antes de se aproximar de um grupo de enfermeiros que também o esperava para expor as suas reivindicações, Marcelo Rebelo de Sousa disse aos jornalistas que compreende a situação do grupo de lesados.

“Compreende-se. Eles estão a lutar por uma causa que é sua e ficaram poucos que não aderiram ao acordo e se sentem isolados. Não quero dizer desesperados, mas sentem-se [assim]. Vamos ver [o que será possível fazer] porque 98 ou 99% aceitaram o acordo. Mas há 1 ou 2% que não aceitaram. Temos de perceber se ainda é possível tentar um acordo nesta fase”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Facebook's founder and CEO Mark Zuckerberg reacts as he speaks at the Viva Tech start-up and technology summit in Paris, France, May 24, 2018. REUTERS/Charles Platiau - RC11ABE16B10

Abusos nos dados privados pode custar ao Facebook entre 3 a 5 mil milhões

Foto: Global Imagens

Jovens licenciados portugueses com maior probabilidade de terem salários baixos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  intervem durante a sessão solene comemorativa dos 45 anos da Revolução de 25 de Abril na Assembleia da República em Lisboa, 25 de abril de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Presidente da República pede “mais ambição” para resolver problemas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
BES: Presidente da República promete receber grupo de lesados em Belém