Blockchain

Blockchain: Moody’s vê implicações mistas para os bancos

Blockchain na IoT

A tecnologia blockchain pode reduzir significativamente os custos e o tempo das transações financeiras mas também pesará nas receitas dos bancos.

A tecnologia blockchain tem o potencial para reduzir significativamente os custos e o tempo das transações financeiras entre países mas também colocará sob pressão as receitas dos bancos oriundas de taxas e comissões, afirma a agência de ratings Moody’s.

Numa análise divulgada esta segunda-feira, a Moody’s vê implicações positivas e negativas que a tecnologia subjacente às moedas virtuais terá no setor da banca.

“A blockchain tem o potencial para alterar substancialmente como uma série de serviços financeiros são executados”, diz Colin Ellis, diretor na Moody’s e co-autor da análise citado no mesmo relatório.

“Os bancos podem beneficiar significativamente de desenvolverem e implementarem tecnologias blockchain em termos de eficiência melhorada, poupança de custos e redução do risco”, adianta.

Mas avisa que “a adoção destas tecnologias também vão limitar as taxas, comissões e ganhos com transacões em operações de câmbio”.

Aponta que os bancos suíços enfrentam o maior risco, com 50% das suas receitas a serem provenientes de taxas e comissões, seguidos pelos bancos italianos, canadianos e israelitas, com 35% das receitas oriundas da mesma fonte.

“Os sistemas bancários com significantes transações transfronteiriças – incluindo o Reino Unido, Bélgica e a Suíça – poderão ver uma maior disrupção com a tecnologia que suporta moedas virtuais como a bitcoin“, refere o relatório.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/Darren Staples

Vários ministros britânicos apresentam demissão

Fotografia: D.R.

Donos das casas exploram menos de metade dos AL

REUTERS/Vincent Kessler - RC1E65178DF0

“As eleições europeias vão sofrer muito com o fenómeno das fake news”

Outros conteúdos GMG
Blockchain: Moody’s vê implicações mistas para os bancos