BFA

BPI. Banco de Angola comunica “não oposição” à venda do BFA a Isabel dos Santos

Banco Nacional de Angola comunica não oposição à mudança de controlo no BFA nem às alterações dos estatutos do banco

O Banco Nacional de Angola decidiu não se opor à eventual entrega pelo BPI do controlo do Banco de Fomento Angola à operadora Unitel, detida por Isabel dos Santos, igualmente acionista do banco presidido por Fernando Ulrich.

De acordo com comunicado do BPI, o BNA também não se opôs à eventual entrada do CaixaBank no capital do BFA, por via da oferta pública de aquisição sobre o BPI que tem em curso. Além destas duas “não oposições”, o BNA não se opôs igualmente à alteração parcial dos estatutos do Banco de Fomento Angola.

Segundo o BPI informou esta noite através da CMVM, “o Banco Nacional de Angola informou igualmente que as três operações acima referidas são entendidas como indivisíveis, ou seja, é assumido que as mesmas deverão ocorrer de forma simultânea ou quase simultânea”.

Ainda de acordo com a posição assumida pelo BNA, e caso não seja possível que as operações ocorram em simultâneo, deve ser dada prioridade à entrega do controlo do BFA à Unitel de Isabel dos Santos e, só depois, às seguintes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

“Temos de ser cuidadosos em relação à dívida, no longo prazo ela terá de descer”

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Governo aposta no clima e competências para recuperação – mas sem empréstimos

BPI. Banco de Angola comunica “não oposição” à venda do BFA a Isabel dos Santos