Caixabank

CaixaBank dá reforma antecipada a 400 trabalhadores

Fotografia: Sergio Perez/Reuters
Fotografia: Sergio Perez/Reuters

Novo plano que incentiva "desvinculações voluntária" arranca esta sexta-feira e está "aberto" para adesão até 20 de janeiro

O CaixaBank está a incentivar a saída para a reforma dos trabalhadores com mais de 58 anos. O plano, noticiado esta quarta-feira pelo Expansíon, arranca na sexta-feira e deverá abranger cerca de 400 funcionários.

O plano que favorece a saída da vida ativa permite receber 70% do salário líquido. Está a ser finalizado de forma a abranger os trabalhadores do banco já com 58 ou mais anos, mas também pode vir a considerar os nascidos em 1959, e que completam os 58 apenas em 2017.

O rendimento oferecido está a enfurecer os sindicatos espanhósi. “Há alguns anos ofereciam 80%, no ano passado fecharam o plano nos 75%”, referiu Begoña Peiró, porta.voz do SECPB, o sindicato que abrange o maior número de funcionários do CaixaBank.

Além das saídas, o banco presidido por Jordi Gual tem também prevista a contratação de perfis mais jovens, tentando favorecer uma renovação dos seus quadros.

No final do terceiro trimestre, o CaixaBank contava com 13,8 milhões de clientes e 5089 balcões em toda a Espanha.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
País precisa de repor, pelo menos, os 150 mil hectares de floresta perdida nos últimos 10 anos. Fotografia: Rodrigo Cabrita

Floresta vale mais de 1,3 mil milhões e está subaproveitada

António Serrano, nos estúdios da TSF. Professor catedrático e político português, foi Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas do XVIII Governo Constitucional de Portugal.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

António Serrano: “É preciso um choque de gestão no território florestal”

Jean-Claude Juncker. Fotografia: REUTERS / François Lenoir

Dinheiro do plano Juncker para Portugal duplica em apenas um ano

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
CaixaBank dá reforma antecipada a 400 trabalhadores