Caixabank

CaixaBank reforça posição no capital social do BPI

Fotografia: REUTERS/Albert Gea
Fotografia: REUTERS/Albert Gea

O CaixaBank reforçou a sua posição no BPI, passando a deter 94,641% do capital social e 94,650% dos direitos de voto no banco.

O CaixaBank reforçou a sua posição no BPI, passando a deter 94,641% do capital social e 94,650% dos direitos de voto no banco, divulgou esta quarta-feira a instituição bancária.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o CaixaBank anunciou a aquisição nos “passados dias 19, 20, 23 e 24 de julho de 2018, de 337.201 acções ordinárias do Banco BPI”, o equivalente “a 0,023% do capital social e 0,023% direitos de voto do BPI, tendo pago um preço médio de EUR 1,45 por ação e um valor total de 488.491,00 euros”.

Desde início de 2017 que o BPI é controlado pelo grupo espanhol CaixaBank, que já tem mais de 94% do capital social, depois de em maio ter adquirido a posição da seguradora Allianz.

Na terça-feira, o BPI divulgou lucros de 366,1 milhões de euros no primeiro semestre, que compara com prejuízos de 101,7 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano passado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal

BES: Processos contra Banco de Portugal caem para metade

O primeiro-ministro, António Costa, gesticula durante o debate quinzenal na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de março de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

António Costa: “Portugal vai continuar a crescer acima da média europeia”

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Federação de Futebol põe fim a contestado memorando com RTP

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
CaixaBank reforça posição no capital social do BPI