Carlos Costa não espera “impacto negativo” no BES a propósito da incerteza no BESA

Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal

O Banco de Portugal acredita que a situação do BES Angola se deverá resolver rapidamente, sem grandes impactos no BES.

“Esperamos que a situação no BESA se
resolva rapidamente e sem impacto material no BES. Temos de eliminar
esse ponto de incerteza”, afirmou o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, numa audição pedida pelos deputados para esclarecer o caso do Espírito Santo.

O Governador explicou que existe uma garantia do Estado angolano, que é “superior ao montante das imparidades”, adiantando que “as autoridades dos dois países estão em cooperação para encontrar uma solução”.

Carlos Costa afirmou que foram os vários exercícios de supervisão que permitiram detectar os problemas, inclusivamente no GES que não está sob a sua supervisão, e permitiram ao Banco de Portugal tomar medidas para “proteger o BES”.

“Se o Banco de Portugal não tivesse
feito isto, o problema podia continuar sem que nas contas do BES o
problema estivesse refletido”, afirmou o Governador do Banco de Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença parental paga até um ano no trabalho em part-time

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Carlos Costa não espera “impacto negativo” no BES a propósito da incerteza no BESA