Montepio

Carlos Tavares deverá ser presidente e CEO do Montepio transitoriamente

Carlos Tavares, chairman do Banco Montepio (Fotografia: Artur Machado / Global Imagens)
Carlos Tavares, chairman do Banco Montepio (Fotografia: Artur Machado / Global Imagens)

Ex-presidente da CMVM terá sido o nome escolhido pela Associação Mutualista para presidir ao conselho de administração da Caixa Económica.

Carlos Tavares deverá ser o próximo presidente do conselho de administração da Caixa Económica do Montepio (CEMG) e acumular transitoriamente este cargo com o de presidente executivo do banco. O nome do ex-presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) será escolhido pela Associação Mutualista, a dona do banco do Montepio.

Segundo o Jornal Económico desta sexta-feira, a Associação Mutualista deverá enviar, em breve, a lista final dos órgãos sociais do banco. Esta é a última etapa para o Banco de Portugal concluir o processo de avaliação da nova administração da Caixa Económica.

Entretanto, uma fonte conhecedora do processo adiantou que Tavares vai acumular o cargo de presidente com o de presidente executivo do banco até à escolha de um novo CEO. Nuno Pinto Monteiro, antes apontado para CEO, deverá ficar como administrador.

Depois da validação pelo Banco de Portugal, a Caixa Económica do Montepio irá marcar a assembleia-geral para aprovar a mudança de estatutos, que prevê a criação de um conselho de administração e de uma comissão executiva.

Francisco Fonseca da Silva foi o primeiro nome apontado para ser chairman da Caixa Económica do Montepio, mas foi rejeitado pelo Banco de Portugal devido a conflito de interesses.

Notícia atualizada com mais informação às 16H45

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Carlos Tavares deverá ser presidente e CEO do Montepio transitoriamente