CGD

CGD. TC pede declarações de rendimento, banco não comenta

Fotografia: Rui Coutinho
Fotografia: Rui Coutinho

Equipa da CGD tem agora 30 dias para entregar as declarações ou justificar a recusa, diz o Negócios. Banco público, contactado, não comenta

O Tribunal Constitucional notificou esta quarta-feira a administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD), liderada por António Domingues, para que entregue as suas declarações de rendimento e património.

A informação foi inicialmente avançada pelo Negócios, tendo sido confirmada pela agência lusa junto de fonte oficial do Tribunal Constitucional. O TC dá 30 dias para que os documentos sejam apresentados ou uma eventual recusa seja justificada.

A administração da CGD tem defendido que os seus membros não estão obrigados a entregar a declaração devido à exceção prevista do Estatuto do Gestor Público e podem avançar com a renúncia aos cargos.

Contactada pelo Dinheiro Vivo, a Caixa Geral de Depósitos preferiu não fazer quaisquer comentários.

Notícia atualizada às 15h, com confirmação pelo Constitucional.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

CGD. TC pede declarações de rendimento, banco não comenta