banca

CGD vai passar a cobrar comissões nas transferências de MB Way

MB way | MBWay
(Leonel de Castro/Global Imagens)

A Caixa junta-se ao rol de bancos que cobra comissões pelas transferências feitas pela app MB Way. As mudanças podem arrancar já no final de janeiro.

A CGD começará o ano de 2020 com alterações ao preçário de comissões. A partir de 25 de janeiro, há várias mudanças, inclusive na aplicação MB Way. Segundo o jornal Eco, que noticia a atualização de preçários da Caixa, o banco público passará a cobrar 85 cêntimos pelas transferências feitas pela app, valor a que ainda é preciso juntar um imposto de selo de 4%. Feitas as contas, os clientes da CGD que queiram fazer transferências através da aplicação desenvolvida pela SIBS passarão a pagar 88,4 cêntimos por transferência.

Ainda assim, há algumas exceções: na imagem partilhada pelo jornal, é possível ver que os clientes menores de 26 anos ficarão isentos destas comissões, tal como os clientes com a opção Conta Caixa. Dentro desta modalidade, há várias opções, com diferentes níveis de transferências gratuitas disponíveis. A Conta S dará direito a um máximo de quatro transferências por mês; a Conta M (a opção intermédia) dá isenção de comissões até cinco transferências por mês. Por fim, a Conta L, a opção mais cara dentro das modalidades Conta Caixa, têm acesso a transferências ilimitadas.

As cobranças não serão aplicadas às transferências feitas através das aplicações da Caixa Geral de Depósitos, como a Caixa Direta ou a Caixa Easy.

O primeiro banco a avançar com a cobrança de comissões pelas transferências do MB Way foi o BPI, com uma comissão de 1,20 euros. Seguiu-se depois o Santander Totta, que desde 10 de setembro cobra até 93,6 cêntimos por transferência. Mais tarde, juntou-se à lista o BCP (comissão de 1,25 euros) e o Crédito Agrícola (26 cêntimos por transferência).

As cobranças de comissões pelas transferências feitas através de MB Way já resultaram em pelo menos 24 mil queixas feitas à DECO, segundo os números avançados na newsletter da associação de defesa do consumidor.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
5G_2

5G: Anacom arranca já com consulta. Leilão será em abril

5G_2

5G: Anacom arranca já com consulta. Leilão será em abril

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, conversa com o primeiro-ministro indigitado, António Costa, durante uma audiência para apresentação da lista de nomes propostos para secretários de Estado do XXII Governo Constitucional, no Palácio de Belém, em Lisboa, 21 de outubro de 2019. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Primeira reunião do novo governo marcada para sábado a seguir à tomada de posse

Outros conteúdos GMG
CGD vai passar a cobrar comissões nas transferências de MB Way