crédito

Clientes de instituições de crédito especializado estão satisfeitos

Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens
Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

A maioria dos portugueses com créditos ao consumo a seu encargo recorreu a uma instituição de crédito especializada para fazer o seu crédito.

A grande maioria dos clientes está satisfeito com a sua instituição de crédito. Um estudo encomendado pela ASFAC – Associação de Instituições de Crédito Especializado, realizado pela Nielsen revela que 92% dos clientes estão satisfeitos ou muito satisfeitos.

De acordo com o documento, 37% dos portugueses, possui pelo menos, um crédito ao consumo, sendo a compra de carro ou mota o mais relevante. Entre aqueles que têm dois empréstimos, o crédito automóvel é combinado com outro para aquisição de eletrodomésticos ou equipamentos.

A maioria dos portugueses com créditos ao consumo a seu encargo recorreu a uma instituição de crédito especializada para fazer o seu crédito (81% versus os 19% que optaram por um banco com atividade universal).

O estudo indica também que um terço dos clientes com crédito no banco demonstra a intenção de consultar uma instituição de crédito especializada quando necessitar de realizar outro empréstimo.

O montante dos novos créditos ao consumo aumentou 18,0% no crédito pessoal, 15,3% nos cartões e descoberto e 6,9% no automóvel, em setembro face ao mês homólogo, somando quase 635 milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Taça Portugal - Benfica vs Sporting

Benfica encaixa 50 milhões. SAD fala em “capacidade acrescida de tesouraria”

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva ,à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo mantém todas as restrições na Grande Lisboa por mais 15 dias

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Governo exige que Bélgica retire Alentejo e Algarve de zonas arriscadas

Clientes de instituições de crédito especializado estão satisfeitos