supervisão

CMVM aplicou 242 mil euros em coimas no último trimestre de 2016

Fotografia: José Pedro Monteiro
Fotografia: José Pedro Monteiro

Entre outubro e dezembro, supervisor instaurou 12 processos de contraordenação relativos a violação dos deveres de intermediação ou informação

A Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) aplicou coimas no valor de 242 mil euros ao longo do último trimestre de 2016, penalizações impostas na sequência de sete processos de contraordenação.

Segundo informação agora avançada pelo supervisor da bolsa portuguesa, os sete processos em causa visaram casos de violação de deveres de informação ao mercado, violação de deveres de negociação e violação dos deveres de informação financeira. Houve ainda duas decisões que castigaram a atividade de organismos de investimento coletivo.

“Das decisões tomadas entre outubro e dezembro, cinco respeitam a contraordenações muito graves, uma respeita a uma contraordenação grave e uma menos grave, tendo sido aplicadas coimas no total de 242.000 euros, duas admoestações e um arquivamento”, refere a CMVM em comunicado.

Segundo a mesma fonte, entre outubro e dezembro de 2016, foram ainda instaurados 12 processos de contraordenação, “dos quais seis relativos à violação dos deveres de intermediação financeira, quatro referentes à violação de deveres de informação, um referente à atividade dos auditores e um relativo aos deveres de negociação em mercado”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

CMVM aplicou 242 mil euros em coimas no último trimestre de 2016