cpi cgd

Comissão dá parecer positivo à proposta do CDS para retirar comenda a Berardo

O empresário Joe Berardo (E), ladeado pelo presidente da II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, Luís Leite Ramos (D), reage à chegada para a sua audição perante a Comissão Parlamentar de Inquérito, na Assembleia da República, em Lisboa, 10 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA
O empresário Joe Berardo (E), ladeado pelo presidente da II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, Luís Leite Ramos (D), reage à chegada para a sua audição perante a Comissão Parlamentar de Inquérito, na Assembleia da República, em Lisboa, 10 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

A comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) deu parecer positivo à proposta do CDS-PP de retirar as comendas ao empresário Joe Berardo, revelou o presidente da comissão, Luís Leite Ramos.

“Na sequência do pedido de parecer do senhor presidente da Assembleia da República [Eduardo Ferro Rodrigues], os vários grupos parlamentares concordaram em dar um parecer positivo à proposta do CDS-PP”, disse aos jornalistas Luís Leite Ramos (PSD), à saída da reunião de mesa e coordenadores que ditou este desfecho.

O parecer positivo foi emitido “para que o comportamento e a conduta do senhor Berardo possam ser objeto de uma análise”, de forma a avaliar se, “enquanto comendador, titular de um título honorífico, cumpriu as suas responsabilidades e as obrigações que lhe estão destinadas por essa comenda”, prosseguiu Luís Leite Ramos.

“Todos os deputados concordaram com este envio e é disso que vamos dar conhecimento ao senhor presidente da Assembleia da República”, acrescentou.

Na quarta-feira, o CDS-PP pediu que seja instaurado um “processo disciplinar” para retirar a condecoração da Ordem do Infante D. Henrique ao empresário Joe Berardo, devido às declarações que fez no parlamento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Comissão dá parecer positivo à proposta do CDS para retirar comenda a Berardo