Dinheiro

Banco de Portugal: Como detetar notas de euro contrafeitas

Euros

O Banco de Portugal explica que basta tocar, observar e inclinar a nota para perceber se é ou não genuína.

Verificar se uma nota de euro é ou não genuína e uma tarefa que pode ser feita por todos. O Banco de Portugal indica que “o público pode verificar facilmente a genuinidade das novas notas de 100 e de 200 euros, tal como das demais notas da série Europa, sem necessidade de recurso a equipamentos auxiliares de análise”. Para tal basta “tocar, observar e inclinar a nota”.

O supervisor explica que “o papel das notas de euro é fabricado exclusivamente com fibras de algodão e, ao toque, é firme e ligeiramente sonoro”. Detalha que “nas margens esquerda e direita da frente da nota sente-se uma série de pequenas linhas – as marcas tácteis – impressas em relevo para facilitar a identificação da nota”. E refere que “a tinta é também mais espessa em alguns elementos localizados na frente da nota – no motivo arquitetónico, nas inscrições e nos algarismos de grande dimensão representativos do valor da nota.

Nota 100 eurosAlém do toque, a observação da nota também ajuda a identificar notas falsas. “Ao observar a nota em contraluz ou luz transmitida tornam-se visíveis três elementos de segurança: a marca de água com retrato do lado esquerdo, o filete de segurança próximo do centro e a janela com retrato do lado direito”.

Nota 100 e 200 euros - 1

Para complementar a análise deve inclinar-se a nota. Nas notas da série Europa essa inclinação sere para verificar “abanda holográfica com retrato, que exibe um retrato de Europa (figura mitológica grega), uma janela ou pórtico e o(s) algarismo(s) representativo(s) do valor da nota” e “o número esmeralda, que apresenta um efeito luminoso de movimento ascendente e descendente”.

Nota 200 euros - 1

Nas novas notas de 100 e 200 euros, que entrarão em circulação no próximo ano, “o holograma – banda prateada à direita da nota – exibe o inovador holograma-satélite, o retrato de Europa, o motivo principal e um símbolo do euro (€) de grande dimensão”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
boris johnson brexit

Brexit: Um acordo que responde “às circunstâncias únicas da Irlanda”

Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia, na comissão de inquérito do Parlamento sobre as rendas excessivas da eletricidade, Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Álvaro Santos Pereira ataca “corporativismo” de notários, advogados e arquitetos

Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia, na comissão de inquérito do Parlamento sobre as rendas excessivas da eletricidade, Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Álvaro Santos Pereira ataca “corporativismo” de notários, advogados e arquitetos

Outros conteúdos GMG
Banco de Portugal: Como detetar notas de euro contrafeitas