banca

DBRS confirma ‘rating’ de longo prazo do Santander

Carlos Manuel Martins/Global Imagens
Carlos Manuel Martins/Global Imagens

A confirmação dos ratings reflete a força da operação bancária global, que contribui para ganhos resilientes e a geração sustentada de capital.

A agência de notação financeira DBRS Morningstar confirmou os ratings do banco Santander, incluindo o rating de longo prazo em ‘A’ e o rating de curto prazo em ‘R-1’. A tendência de ambos os ratings mantém-se estável, adianta a agência em comunicado.

A DBRS alterou a tendência dos ratings de curto e longo prazo das obrigações críticas do banco de positivos para estáveis.

A confirmação dos ratings reflete a força da operação bancária global, que contribui para ganhos resilientes e a geração sustentada de capital, nota a agência. Os ratings têm ainda em conta a participação do Santander no mercado em geografias consideradas core Brasil, Espanha, Reino Unido, México, Polónia, Polónia, Portugal, Chile, Argentina -, havendo equilíbrio entre economias emergentes e desenvolvidas.

“Uma pressão positiva no rating provavelmente exigiria melhorias na rentabilidade subjacente e estatuária do banco e ainda melhorias na qualidade dos ativos do Grupo, particularmente em Espanha”, refere a DBRS. “Embora menos provável, a pressão negativa nos ratings pode surgir se houver alguma indicação de um perfil de risco aumentado, particularmente nos negócios de financiamento ao consumidor, operações bancárias grossistas ou os negócios na América do Sul, sem o aumento apropriado da capitalização”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

DBRS confirma ‘rating’ de longo prazo do Santander