Dinheiro

Depósitos de particulares crescem para 149,4 mil milhões em julho

contas bancárias 9

Os depósitos de particulares cresceram 1.153 milhões de euros em julho, apesar da taxa de juro média até um ano ter descido para um novo mínimo.

Os depósitos de particulares aumentaram 1.153 milhões de euros em julho deste ano, para o máximo de 149,4 mil milhões de euros, apesar da taxa de juro média dos novos depósitos até um ano ter atingido um novo mínimo de sempre.

O valor médio da taxa de juro para novas operações de depósito de particulares, até um ano, desceu para o novo mínimo histórico de 0,11% em julho, adianta o Banco de Portugal numa nota estatística divulgada esta terça-feira.

“Os depósitos de particulares nos bancos residentes totalizavam 149,4 mil milhões de euros no final de julho de 2019. A tva (taxa de variação anual) foi de 4,4%, mais 0,6 pontos percentuais do que o observado em junho”, refere a nota.

O montante de depósitos de particulares registado em julho compara com 148,3 mil milhões de euros em junho e 143,1 mil milhões em julho de 2018.

Atualizada às 12H05

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Marcelo. “É preciso em abril ganhar maio”. Escolas devem continuar fechadas

Henrique Burnay, sócio-gerente da Eupportunity
(Paulo Spranger/Global Imagens)

“O problema desta crise são os Estados-membros, não é Bruxelas”

pandemia de covid-19 (coronavírus) portugal corona virus concelho

345 mortos e 12442 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Depósitos de particulares crescem para 149,4 mil milhões em julho