banca

É oficial. Bancos espanhóis vão pagar imposto em hipotecas

imagem_central_DV_PE_Espanha

Os bancos em Espanha vão passar a suportar o correspondente ao imposto do selo nas hipotecas e não poderão fazer a dedução do pagamento.

O governo espanhol aprovou esta quinta-feira alterações legislativas que impedem os bancos de deduzirem o pagamento do correspondente ao imposto do selo das hipotecas que vão passar a suportar.

O chefe do governo espanhol, Pedro Sanchéz, anunciou ontem a decisão de obrigar os bancos a assumir o pagamento do imposto de atos jurídicos documentados em hipotecas. Até agora, eram os clientes dos bancos a pagar o imposto.

O Decreto Real, que será publicado amanhã e entra em vigor no sábado, altera a lei do imposto de transmissões patrimoniais e atos jurídicos declarados. O seu objetivo é clarificar que o banco é o sujeito passivo e o que terá de suportar o imposto. Os bancos não poderão fazer a dedução do imposto.

O executivo espanhol anunciou ainda a criação da Autoridade Independente para a Protecção dos Clientes Financeiros.

A decisão do governo espanhol surge depois do Tribunal Supremo do país ter decidido dar razão aos bancos e decretar que cabe aos clientes assumir aquele imposto, contrariando uma decisão anterior.

Em outubro, o Supremo anunciou a sua decisão de obrigar os bancos a pagar o dito imposto. Os bancos espanhóis afundaram em bloco em bolsa. Em Lisboa, as ações do Millennium bcp recuaram 3%. Mas um dia depois, o mesmo tribunal anunciou o congelamento da decisão devido “à enorme repercussão económica e social” da medida. Acabou por adotar uma decisão final em que deu razão aos bancos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
É oficial. Bancos espanhóis vão pagar imposto em hipotecas